Nem toda ostra produz pérola. 

‘Nem toda ostra produz pérola. Só a ostra que sofre produz pérola. Porque a ostra para produzir a pérola tem de ter um grão de areia. Tem de ter uma coisa que a irrite. E assim, ela vai produzir a pérola para deixar de sofrer. Ela vai trabalhando aquele ponto agudo e cortante até que ele seja envolvido por uma coisa lisinha, que é a pérola. Em muitas de minhas histórias, eu fui uma ostra que produziu a pérola porque eu tinha um grão de areia que me cortava. ‘ 

Standard

UMA ORAÇÃO PURITANA

“Senhor Santo, eu pequei um sem-número de vezes, sou culpado de orgulho e incredulidade, de fracasso em encontrar a Tua mente na Tua Palavra, de negligência em Te buscar no meu viver diário. Minhas transgressões e fraquezas denunciam-me com uma lista de acusações, mas eu Te bendigo porque elas não prevalecerão contra mim, pois todas elas foram postas em Cristo. Continua subjugando minhas perversões e concede-me graça para viver acima delas. Não deixa que as paixões da minha carne ou as concupiscências da minha mente levem o meu espírito à escravidão, mas governa Tu sobre mim, em liberdade e poder.

Eu Te agradeço porque muitas das minhas orações foram recusadas. Eu pedi mal e não recebi; eu orei com base em concupiscências e fui rejeitado; eu cobicei o Egito e foi-me dado um deserto. Continua com Tua paciente obra, respondendo “não” às minhas orações iníquas, e capacitando-me a aceitar isso. Purifica-me de todo desejo falso, toda aspiração egoísta, tudo aquilo que é contrário ao Teu preceito.

Eu Te agradeço por Tua sabedoria e Teu amor, por todos os atos de disciplina aos quais sou submetido, por algumas vezes ser colocado na fornalha para que meu ouro seja refinado e minhas impurezas, removidas.

Nenhum julgamento é tão difícil de suportar quanto a percepção do pecado.

Se Tu me desses a escolha entre viver em gozo e permanecer com meus pecados, ou tê-los destruídos com julgamento,então dá-me essa aflição santificada.

Afasta-me de todo hábito maligno, todo crescimento de pecados passados,tudo aquilo que ofusca o brilho da Tua graça em mim,tudo aquilo que me impede de deleitar-me contigo.

Então, eu Te bendirei, Deus de Jesurum, por me ajudares a permanecer de pé.”

Standard

Na própria pele

Hj li denovo um trexo do livro do C.S. Lewis (Cristianismo puro e simples), onde ele diz algo do tipo: “não tenho direito de falar de tentações às quais eu não sou exposto”.

Essa frase grudou na minha memoria pq de repente fez mais sentido do que nunca. Muitas vezes temos ações e reações baseadas na nossa propria experiencia de vida, e comparamos situações de outras pessoas com as nossas, como se porque passamos por momentos dificeis, isso jah tenha nos tornado expert da vida. A verdade é que por mais que aprendamos, não temos o direito de julgar ações e reações de pessoas baseados na NOSSA experiencia e na NOSSA bagagem. Existem coisas que pra mim não são  tentações, pq não tenho nenhum interesse naquilo… E coisas q pra mim são  tentações, mas outras pessoas nem sequer notam que aquilo existe, eles não são  tentados naquilo.

O amor tem dimenções maiores e mais profundas do que imaginamos. Imagina um amor paciente, compreensivo que entende que tentação  do outro não é menor do que a nossa, simplesmente pq nos consideramos “bons” ou “fortes” em areas onde outros são fracos.

Pra finalizar, logo após ler esse livro fui pro carro e ao dirigir tocou uma musica que diz mais ou menos isso: “voltemos ao inicio, quando o amor era paciente e gentil, de volta ao lugar onde começamos e não eramos tão orgulhosos das nossas proprias opiniões e nao viamos problema em mudar nossas mentes.”

Pra mim isso diz tudo… Mais uma vez, querer achar que entende a luta ou a tentação do outro sem nunca ter sido exposto às mesmas circunstâncias, e ainda por cima tomar decisões e conclusões baseadas nisso é no mínimo egoísta, e isso destrói pontes. O que me lembra de outro trecho da musica que diz:   “Antes de destruir as nossas pontes, olhemos na nossa história o que construimos, vamos nos revezar  nos pedidos de perdão e ver o amor crescer profundamente mesmo assim.” (musica de S Gretzinger)

Cresçamos juntos!

Bejos gente!

Standard

Voltei :)

Oi pessoas que me amam! 🙂

Decidi voltar a postar aqui, mas esse serah meu segundo blog, onde vou postar os videos blogs (ou vlogs).  Pq tem varias pessoas que leem meu novo blog  www.ikeepinsisting.wordpress.com e soh falam ingles. Entao fica meio chato postar videos em portugues e frustar o leitor neh hehehe. vou tentar manter os dois. O que eu postar lah em ingles, posto aqui em portugues tbm.

Beijos pra vcs!

 

 

Standard